RV+

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

REMANESCENTE DO DUCTO DE MULLER: TRATAMENTO LAPAROSCOPICO COM CISTOSCOPIA COMBINADA

Resumo

Objetivo: Reportar um caso de utrículo prostático apresentando Infecção do trato urinário (ITU) recorrente tratado por via laparoscópica no Hospital Santa Casa de BH.
Pacientes e métodos: Paciente de 12 anos apresentando hipospádia proximal e infecção urinária recorrente, encaminhado para cirurgia uretral. Em propedêutica foi identificado impedimento a passagem de cateter uretral e realizada UCM que identificou dilatação sacular retrovesical no nível de uretra prostática. Com auxílio de cistoscopia combinada e transiluminação do cisto, foi
realizada excisão completa e fechamento do defeito uretral por via laparoscópica. O tempo cirúrgico foi de 100 minutos e paciente evoluiu sem complicações.
Resultados: Comparativamente as técnicas abertas retropúbica e transvesical, além da sagital transretal anterior ou posterior, o tratamento laparoscópico oferece menor tempo cirúrgico e taxa de recorrência, além das vantagens comuns aos procedimentos minimamente invasivos. Após seis meses de acompanhamento, paciente não apresentou novos episódios de ITU.
Conclusão: O tratamento laparoscópico é considerado o padrão-ouro no tratamento do utrículo prostático, oferecendo boa visualização e dissecção das estruturas. O tempo de internação é curto e o retorno às atividades usuais da criança é precoce.

Palavra Chave 1

muller

Palavra Chave 2

utriculo

Palavra Chave

remanescente

Área

URO-PEDIATRIA

Autores

RICARDO ANTONIO DE PADUA GANDRA, Leonardo Gomes Lopes, Carlos Henrique Oliveira Matos, LUCIANO CASALI SANTOS, WARLEY CRISTIANO SOUZA

Local
do Evento

Centro de Convenções UFOP - R. Diogo de Vasconcelos, 328 Ouro Preto - MG, 35400-000
centrodeconvencoesufop.com.br

INICIATIVA E REALIZAÇÃO

Sociedade Brasileira de Urologia

PRODUÇÃO E GERENCIAMENTO

RV Mais Promoção e Eventos

AGÊNCIA OFICIAL

Ecology

ENTIDADES APOIADORAS

SBU
SBOC
SBRT
UNIMED