RV+

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

MIGRAÇÃO DE CLIP DE POLÍMERO PÓS NEFRECTOMIA PARCIAL SIMULANDO URETEROLITÍASE

Resumo

INTRODUÇÃO A sutura do parênquima renal é um tempo cirúrgico importante e laborioso em nefrectomia parcial laparoscópica. Assim, ela é, comumente, realizada com utilização de clipes cirúrgicos em vez de nó convencional. A migração de material cirúrgico para trato urinário após nefrectomia parcial laparoscópica é uma complicação incomum e sem causa bem definida. OBJETIVO Relatar caso de uma rara complicação de nefrectomia parcial laparoscópica. MATERIAIS E MÉTODOS Homem, 42 anos admitido com cólica renal esquerda, submetido à nefrectomia parcial laparoscópica esquerda (carcinoma de células claras) há 9meses. Exame físico e laboratoriais normais. Tomografia revelava formação hiperdensa de 7mm, sugestiva de cálculo, no ureter proximal esquerdo, com hidronefrose e pequenos cálculos renais bilateral. Com a hipótese de ureterolitíase, paciente foi encaminhado para tratamento endoscópico. RESULTADO Durante ureteroscopia flexível foi visualizado clipe cirúrgico. O mesmo foi removido do sistema coletor com auxílio de cesta extratora. CONCLUSÃO O mecanismo pelo qual o clipe migra para o trato urinário após uma nefrectomia parcial não é claro. Alguns autores supõem que isso ocorre devido violação do sistema coletor ou a forte pressão do clipe sobre a córtex renal durante a sutura hemostática, resultando em erosão e posterior migração.

Palavra Chave 1

Palavra Chave 2

Palavra Chave

Área

ENDOUROLOGIA

Autores

PEDRO ROMANELLI, GIL VICENTE CORREA FULGENCIO, YVES MELO RODRIGUES MARTINS, Paulo Batista Oliveira Arantes, RICARDO HISSASHI NISHIMOTO

Local
do Evento

Centro de Convenções UFOP - R. Diogo de Vasconcelos, 328 Ouro Preto - MG, 35400-000
centrodeconvencoesufop.com.br

INICIATIVA E REALIZAÇÃO

Sociedade Brasileira de Urologia

PRODUÇÃO E GERENCIAMENTO

RV Mais Promoção e Eventos

AGÊNCIA OFICIAL

Ecology

ENTIDADES APOIADORAS

SBU
SBOC
SBRT
UNIMED